30.11.07

Novas leituras para antigas brincadeiras

Saindo na frente nas pesquisas (OK, não tão na frente assim) os DJ’s lançam a seguinte enquete: que jogos e brincadeiras da sua infância você gostaria de ver atualizado para os dias de hoje? Postem aqui suas sugestões:

1. Brincadeira de Polícia de Londres e brasileiro.
A brincadeira se passa no Underground. Ao invés do tradicional polícia e ladrão, as crianças podem escolher fazer parte da Tropa de elite inglesa ou ser um imigrante brasileiro assustado. Observação: apenas um dos lados andará armado e terá licença para matar.

2. War edição especial: Invasão do Iraque.
Investindo no filão das edições temáticas do jogo War, o jogo simularia a desastrada invasão norte-americana em 2003, com direito ao jogador iraquiano continuar minando os exércitos norte-americanos com atentados mesmo após ter seu território conquistado. Outros jogos da série incluiriam War guerra do Golfo, War Kosovo (com pequenos hospitais e escolas para destruir), War Vietnan (sem o Joe Rambo, que desequilibraria muito o jogo!) e War soldado Ryan (série especial em homenagem ao Dia D).

3. Jogo na Vida de brasileiro.
Muito semelhante ao tradicional Jogo da Vida, aqui o jogador teria que dar um terço de tudo que adquirisse ao governo, teria o dia do seu pagamento atrasado em meses, o FGTS não pago e não poderia se aposentar no final, jogando sem cessar até que não tivesse mais um centavo no bolso para continuar.

4. Banco Imobiliário: Brasília.
Depois de Banco Imobiliário: The Simpsons, Moranguinho e Bob Esponja, finalmente um jogo adequado à realidade Brasileira. Ao invés de peões, o jogador controlaria deputados ou senadores, captando cada vez mais dinheiro dos cofres públicos, comprando hotéis, enormes fazendas, empreiteiras, emissoras de rádio e televisão, outros deputados... Só não espere ver nenhum jogador perdendo a sua vez de jogar: todos já começam com mais de mil cartas de saída livre da prisão.

5. Capitão.
O tradicional jogo Detetive, versão Tropa de Elite. Aqui os jogadores/caveiras podem interrogar uns aos outros, torturar, dar muito tapa na cara e até mandar botar no saco! Tão bom que ninguém vai querer pedir para sair...

Invente o seu e conte para nós.

6 comentários:

dinnaps disse...

\ Esqueci de mencionar o Aquaplay em New Orleans e a Mansão de Amianto da Barbie. Falha minha!

Ricardo Artur disse...

Muito bom Pinnaps!
Ficam aqui algumas sugestões para acalentar o debate:

Morto-Vivo versão Anos Fatais:
Pendura todo mundo no Pau-de-arara e grita "Morto", todos têm que fingir de morto, ou grita "Vivo", têm que fingir de vivo. Quem errar toma choque no saco, ou alfinetada embaixo da unha.

Dança das cadeiras do Governo do Rio.
O Garotinho e a Garotinha ficam rodando em volta da cadeira. Quando a música parar quem conseguir sentar primeiro, com o bolso mais cheio de grana vence. Se houver empate, vence quem deixar a classe média mais insatisfeita.

Puxa-sacos equilibristas.
O mesmo dos morcegos, mas ao invés disso são políticos, todos pendurados num imenso saco.

Carmaggedom Joao Helio Edition:
quem conseguir arrastar mais crianças em seus carros ganha.
(Ok, essa eu peguei pesado!!)

Ricardo Artur disse...

Sin City Prefeitura do Rio.
Quase igual ao original, mas não dá pra desligar as catástrofes, que aliás vêm uma atrás da outra... por outro lado, não precisa se preocupar em manter os cidadãos satisfeitos, basta comprar votos com restaurantes populares e favelas-bairros.

Guix disse...

Vocês são terríveis! Excelentes sugestões para a Crew, não?

Pobre Gugu Liberato, terá concorrentes de seus brinquedos à altura.

Outros:
- Pé na Tábua do Rubinho Barrichello
- Imagem e Ação do Hugo Chavez
- Pula Pirata do Law Kin Chong

Beluga disse...

Minhas contribuições:

- Banco Imobiliario Edição MST!
- Favela Apache
- Jogo da Operação: Edição SUS!

dinnaps disse...

\ Gabriel joga com o amarelo, que eu sei. E se eu contar na comunidade que ele joga War com o vermelho ele aparece todo roxo dentro de um saco preto.

Viram só? Aulinha básica de teoria das cores "in Rio".