7.3.10

Logo... o quê?

\ Notícia de última hora: O curta-metragem de animação francês Logorama acaba de ser premiado com o Oscar de melhor curta de Animação de 2009, conferido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

Para aqueles que ainda não conheciam ou que dependiam da transmissão do Oscar em TV aberta e não assistiram aos prêmios de Animação (já que a Rede Globo comprou os direitos de transmissão, mas preferiu insistir nos equívocos que são o Fantástico e o BBB), Logorama é uma obra animada já considerada a queridinha dos designers que trabalham com identidades visuais, branding, naming e outros anglicismos novos que estejam em moda atualmente.

             

Realizado em 3D, empregando marcas, logotipos e mascotes de produtos e multinacionais presentes em nosso dia-a-dia, o curta de ação segue o ritmos dos atuais blockbusters policiais. Quando um enfurecido Ronald McDonald escapa de uma perseguição policial e faz reféns os frequentadores de uma lanchonete de posto de gasolina, cabe ao xerife Monsieur Bibendum (a mascote da Michelin) e sua força policial lidar com os criminosos. Numa cidade onde os símbolos são prédios, veículos e utensílios e as mascotes povoam as ruas, é inevitável a diversão de tentar reconhecer o maior número possível de marcas. Dos coqueiros da Malibu (saudosa dos tempos dos churrascos no colégio), aos bonecos da Bic em uma excursão escolar, passando por M&M's, Red Indians, os bigodudos da Pringles e o revólver policial 007, são exibidas na tela mais de duas mil marcas no total. Praticamente todos os elementos cênicos remetem a alguma companhia conhecida. Destaque especial para o passeio no Zoológico, onde podem ser idenficadas as marcas dos cigarros Camel, Alligator, Puma, o leão-símbolo dos estúdios MGM e tantas outras.

O curta de 17 minutos de duração é uma produção do Coletivo H5, dirigido pelo cineasta argentino Nicolas Schmerkin e com apoio do Canal +. Entre o esboço inicial da ideia e o lançamento foram necessários cerca de 6 anos para a sua realização, recompensados com inúmeros prêmios como o de melhor curta-metragem no Festival Internacional de Cinema de Cannes, em 2009. Hoje a obra realizou mais um feito, ao desbancar concorrentes de peso como o elogiadíssimo espanhol La dama y la muerte (coproduzido por Antonio Banderas), o divertido (também francês) French roast e o inglês A Matter of Loaf and Death, da potência da claymation Aardman, protagonizado pelos carismáticos Wallace e Gromit.

Lanço aqui o desafio
: o leitor que conseguir identificar mais marcas e mascotes terá seu nome imortalizado em uma próxima postagem dos Designers Justiceiros. O prazo termina termina nessa sexta-feira, dia 12. Portanto corram.

Só não vale falar em logomarca que eu desclassifico no ato!

9 comentários:

Stephanie Romano disse...

Adorei o desafio, mas eu já tenho meu nome imortalizado aqui... hehehe. =P

Dinnaps disse...

\ Não seja por isso. Posso deletar...

Carol S. disse...

muito legal!!! mas a partir do 5o segundo, decidi deixar o desafio p/ alguém mais empenhado, rs.

e quantos "loguinhos do AOL" passeando pelas ruas, não!? aqui pela america latina, estes já não passeiam mais...rsrs
:)

Beluga disse...

Alguem percebeu que o Ronald se da mal quando bate numa logo dos Vigilantes do Peso?

Dinnaps disse...

\ Tsc, tsc, tsc... sorte nossa que a Carol vai se formar em produto. rs

Eu devia ter oferecido dinheiro...

Carol disse...

pode pagar metade antes, metade depois se quiser! hahahahhaha

Stephanie Romano disse...

Pô, chantagem emocional não vale... :(

Stephanie Romano disse...

E estou querendo dar chance aos outros de terem seu nome imortalizado no melhor site do mundo. Olha que bondade a minha!


Porque em breve seremos milhões, e tal...

Dinnaps disse...

\ "NumA logo"?

Não seria "num logo"???